terça-feira, 7 de abril de 2009

Abismo


Amo-te, minha alma agora te pertence, meus sonhos só se voltam para ti, meus risos são provocados apenas pelos teus sorrisos, meu corpo pede teu calor e a única razão que tenho é a razão de querer-te sem medidas. Me abrace, me beije, diga que sentes por mim metade do que sinto por ti, não peço que seja devoto de meu ser como sou do seu pois por amar-te só te quero o bem, não quero que deixes de viver por mim como deixei de respirar por ti. O abismo em que cai esta ficando cada vez mais profundo, sinto o ar acabando em minha volta, a escuridão esta envolvendo lentamente os últimos resquícios do dia e a noite consome meu espírito, a agonia penetra lentamente em minha veia como um veneno fatal, cortando minha pele e dilacerando meu ser, em minha mente só resta uma lembrança, um rosto... será um menino? Ah sim minha Deusa um menino, sorridente, olhos brilhantes... azuis? Não sei mais, pele rosada, bochechas sadias, a cada suspiro seu caio mais fundo no meu abismo, um abismo que eu mesmo criei um abismo irreal que reside apenas em minha mente, mas que me consome a cada segundo... Adeus.


Impressionante o que se escreve ouvindo musica celta. oO

9 comentários:

Carlos Eduardo disse...

Que coisa linda ç__ç
by: Kangee =]

Dú Esperanco disse...

parabéns, texto rápido, porém nada superficial!

maah ribeiro disse...

que liindo gatinha! :D
ahasôu, sério.
orgulho da neta :')
aheihaoiehoae³

beiijo!

• Elizia • disse...

O_o que texto lindo parabéns, está realmente encantador, continue assim seu blog ta nota mil.
Se puder de uma passadinha no meu blog: http://silvousplaitmadame.blogspot.com/

Sthéfane Perront disse...

que linda... Parabéns Cáh, ficou um máximo, amei!!!!

Fabrine Backes disse...

que massa, adorei :)

passa no meu ?
www.fabrinebackes.blogspot.com

kevin/sirks disse...

poooxa gostei do texto,muito bom*.***
E quanto a última frase,isso acontece muito comigo.
Geralmente não tenho inspiração para escrever coisas,então sempre que procuro escrever algo eu escuto alguma música.
Algumas mais lentas pra sair um texto mais triste e/ou melancólico,ou então algo mais agressivo pra quando estou com raiva ou então preciso desabafar...

anyway,ninguém precisava saber disso rsrs

amei seu texto

Helena disse...

AAH!
Cah, você TEM que postar no meu blog depois!
aceita uma participação especial?

Eu quase me apaixono por esse tal menino que a senhorita descreveu!
xD

nathalia disse...

AHHHH Cáh,você escreve muito bem mesmo,agente precisa continuar a escrever nosso livro !